Vida Integral

Para quem ama comer e não abre mão de ser saudável


Deixe um comentário

Somos Mais Altos: a influência da nutrição

evolution

Você já reparou que somos mais altos do que nossos pais. Esse fenômeno ocorre desde os primórdios do ser humano. Há 3,5 milhões de anos os nossos ancestrais (Australopithecus aferensis) mediam em média 1,2m, o Homo erectus, aproximadamente 1,5milhão de de anos atrás, possuia a estatura de 1,5m e atualmente beiramos 1,82m. Qual a explicação para tal crescimento?

Segundo o pesquisador americano Ron Rosenfeld da Universidade de Washington, que discursou sobre o tema no Endo 2013, esta evolução do crescimento ocorreu principalmente graças a fatores ambientais. Ele explica que centenas de genes atuam na estatura final de cada indivíduo; porém, este papel é sencundário quando comparado com a interferência do meio ambiente, em particular da nutrição.

Rosenthal afirma que a variação da estatura está diretamente relacionada ao acesso ao alimento e seus nutrientes. Esta conexão pode ser observada nos últimos 200 anos, período no qual houve um aumento de 50% no tamanho do corpo e 100% na longevidade. Este fato também representa a melhora no nível econômico da população em geral.

Portanto, a alimentação saudável (rica em nutrientes) é essencial para garantir o melhor crescimento de nossas crianças.


Deixe um comentário

Endo 2013

saofrancisco

Todo ano acontece o Congresso Americano de Endocrinologia da Endocrine Society. Em 2013 a cidade que foi sede do 95th Endo foi a belíssima São Francisco. Mais de 9300 profissionais de todos os continentes participaram do que foi o maior e mais dinâmico encontro de endocrinologistas de todos os tempos.

endo2013

Fico extremamente feliz em ter participado e poder compartilhar com vocês um pouco das inovações encontradas neste congresso gigantesco. As novidades vão ser compartilhadas em posts futuros tanto aqui no blog quanto no site www.adrianapessoa.com.br.

adriananoendo

As inovações são inúmeras. Diversos medicamentos para diabetes, obesidade, terapia hormonal, doenças de tireóide e outras doenças endocrinológicas estão sendo lançados e muitos outros estão em fase final de aprovação pelo FDA (Food and Drug Administration) e é apenas questão de tempo para cheguem em terras brasileiras.

Em diversas palestras o tema abordado foi Epigenética. Os cientistas conseguiram provar com mais precisão como o meio ambiente e estilo de vida conseguem alterar os nossos genes e passar esta modificação para gerações futuras. Embora as inovações no campo das medicações sejam promissoras, não existe nada melhor para o corpo do que os hábitos saudáveis (alimentação natural, sono de qualidade e atividade física regular).

A mensagem que fica após cinco dias de congresso é a seguinte: cuide da sua genética com um bom estilo de vida, os seus filhos vão agradecer!